Links de Acesso

Libertação de alegado assassino provoca manifestação no Namibe


Familiares dizem que o acusado subornou a justiça para ser libertado

Dezenas de pessoas manifestaram-se nesta terça-feira, 27, no Namibe em frente às portas do tribunal e da procuradoria provincial da república contra a libertação de um homem que alegadamente violou e assassinou a filha de 14 anos.

Os manifestantes alegaram que o homem subornou as autoridades para ser libertado e que se gaba publicamente “de ter muito dinheiro”.

Manifestação no Namibe contr alibertação de alegado assassino - 2:22
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:22 0:00

Maria, mãe da malograda Margarida Chicumbo, com lágrimas nos olhos, disse à VOA que foi ao tribunal pedir o esclarecimento dos factos que levaram a soltar o marido, José Haitewa Jamba, antes do julgamento, quatro meses depois de alegadamente ter assassinado a filha.

Rita Elisa Jamba, irmã da vítima, também era um dos familiares revoltados e questionou a transparência da justiça no Namibe.

Ele disse que a eventual impunidade ao seu pai poderá criar um precedente.

Os avós da vitima também dizem estar contra a corrupção que enferma os sectores da vida pública e exigem justiça contra o eventual assassino da neta.

A VOA procurou ouvir o sub-procurador provincial da República mas não foi possível.

Com gritos de “justiça e transparência” os familiares e amigos da malograda acusaram as entidades oficiais de estarem envolvidos em comportamentos de corrupção.

“Queremos justiça”, clamaram os cidadãos, moradores do bairro Plato, cidade alta do Namibe.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG