Links de Acesso

Liberdade de imprensa não vai bem em Moçambique, diz Tomás Vieira Mário


Tomás Vieira Mário, jornalista moçambicano

Jornalista lança sua quinta obra "25 anos de liberdade de imprensa em Moçambique 1991-2016, história, percursos e percalços''

O jornalista moçambicano Tomás Vieira Mário entende haver uma má interpretação da liberdade de imprensa no país, tanto por parte dos profissionais da imprensa como dos políticos.

Liberdade de imprensa não vai bem em Moçambique, diz Tomás Vieira Mário - 1:18
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:18 0:00

A afirmação foi feita em Maputo por Vieira Mário no lançamento do livro "25 anos de liberdade de imprensa em Moçambique 1991-2016, história, percursos e percalços''.

A obra retrata a forma como foi e está a ser implantada a lei de imprensa e faz uma análise crítica sobre a sua aplicação.

Na obra, Tomás Vieira Mário diz que o processo de liberdade de imprensa não é fácil, nem pacífico, traduzindo-se muitas vezes em tensões entre jornalistas e o poder político.

Para o autor, nos últimos 14 anos, o medo e a insegurança estenderam-se aos jornalistas e outros fazedores de opinião com consequências no agravamento da autocensura, um fenómeno com efeitos negativos para a liberdade de imprensa.

Ouça a reportagem:

Liberdade de imprensa não vai bem em Moçambique, diz Tomás Vieira Mário - 1:18
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:18 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG