Links de Acesso

Lepra aumenta em Angola


Angola consta do leque de 22 países no mundo com incidência da lepra com o registo de mais 600 novos casos em 2018, correspondente a uma taxa de detenção superior a 2% por 100 mil habitantes.

As províncias que registam maior incidência são Luanda, Huambo, Cuando-Cubango, Benguela, Bengo, Bié, Moxico e Malanje.

Lepra aumenta em Angola - 2:18
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:18 0:00

“Em 2017 estavam em tratamento 1.018 casos, perfazendo uma prevalência de 0,36 por cada 10 mil habitantes”, disse o secretário de Estado para a Saúde Pública, José Vieira Dias da Cunha

José Vieira Dias secretário de estado para a saúde pública
José Vieira Dias secretário de estado para a saúde pública

No ano passado, foram detectados 618 casos novos, correspondentes a uma taxa de detenção de 2.17 por cento por 100 mil habitantes e uma taxa de deformidade em novos casos de 16.20 por cento”,acrescentou.

“Face a esta realidade, o Ministério da Saúde renova o compromisso de continuar a trabalhar para melhorar e ampliar o acesso à informação, diagnóstico precoce, tratamento gratuito e disponível com multidrogaterapia, como sendo os elementos fulcrais para a redução cada vez mais da carga da doença”, prometeu o governante.

Em Malanje, o número de pessoas leprosas é de 56 indivíduos acompanhados por apenas dois técnicos, confirmou nesta terça-feira, 29, o supervisor provincial do programa de controlo da patologia, João Dala.

João Dala
João Dala

Em 2017 foram registados 54 novos casos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG