Links de Acesso

Karim Benzema condenado por chantagear ex-colega da selecção francesa


Foto de arquivo - Karim Benzema em campo pelo Real Madrid durante um jogo da Liga dos Campeões frente ao Brugge no estádio Santiago Bernabeu, Madrid 1 de Outubro, 2019. (Foto de OSCAR DEL POZO / AFP)

Um tribunal francês condenou, esta quarta-feira, o avançado do Real Madrid, Karim Benzema, pena suspensa de um ano por cumplicidade numa tentativa de chantagear o seu ex-companheiro de equipa em França, Mathieu Valbuena, com uma gravação de sexo.

A sentença foi mais dura do que o que os promotores procuravam contra o astro de 33 anos sobre a tentativa de extorsão de 2015, que levou Benzema a ser expulso da selecção francesa por cinco anos e meio.

Benzema não compareceu ao tribunal do subúrbio parisiense de Versalhes para o veredicto, que ocorreu horas antes de o Real Madrid enfrentar o Xerife Tiraspol num jogo da Liga dos Campeões na Moldávia.

Ele não foi acusado de estar por trás da tentativa de extorsão, mas sim de conspirar com os supostos chantagistas, pressionando Valbuena a pagá-los.

O tribunal decidiu que ele "se envolveu pessoalmente, por meio de subterfúgios e mentiras, para convencer o seu companheiro a se submeter à chantagem".

O tribunal acrescentou que Benzema não mostrou "nenhuma bondade para com Valbuena", como afirmou, "muito pelo contrário" e até pareceu ter prazer com a desgraça do seu colega jogador.

A sua equipa de defesa imediatamente anunciou planos para um recurso.

Os americanos no futebol europeu - 4:50
please wait

No media source currently available

0:00 0:04:50 0:00

Em declarações a repórteres no tribunal, um dos seus advogados, Sylvain Cormier, disse que ficou "perplexo" com a sentença que chamou de "muito severa, injusta e infundada".

Um segundo advogado, Antoine Vey, disse que Benzema, que não compareceu ao julgamento, "viria e se explicaria" quando o caso fosse a um recurso.

A Procuradoria pediu que Benzema recebesse uma pena suspensa de 10 meses.

Benzema deveria ter sido exemplo

Benzema foi uma das cinco pessoas julgadas na tentativa mal-sucedida de chantagear Valbuena com um vídeo sexualmente explícito roubado do seu telefone.

Os procuradores disseram que o envolvimento de Benzema foi ainda mais sério devido ao seu papel de liderança na selecção francesa, que deveria tê-lo tornado um modelo "de esperança, fama e valores morais".

Na ausência de Benzema - os seus advogados disseram que ele foi mantido afastado por seus compromissos profissionais - Valbuena, 37, monopolizou a atenção no julgamento.

O médio, que também perdeu a sua vaga na selecção francesa por causa do caso, disse que a tentativa de chantagem o deixou "amedrontado" e temeroso pela sua carreira.

Ele disse que Benzema não calculou a quantia solicitada pelos chantagistas para manter o vídeo comprometedor fora do domínio público, mas foi "muito insistente" que ele deveria fazer um acordo com eles.

Os quatro co-acusados de Benzema receberam sentenças que variam de 18 meses de suspensão a dois anos e meio atrás das grades.

Sem ameaça à carreira

O veredicto não deve prejudicar a carreira de Benzema, com o presidente da federação francesa de futebol, Noel Le Graet, dizendo que poderia manter o seu lugar no Les Bleus mesmo se condenado, e o Real Madrid também continuando a apoiar o seu melhor jogador.

Mas a condenação de Benzema deve prejudicar o seu impressionante retorno à selecção nacional no início deste ano, após uma ausência de anos.

A nível de clubes, Benzema também vive uma temporada sensacional, colocando-o na corrida à Bola de Ouro de melhor jogador do mundo, que será anunciada no próximo dia 29 de Novembro.

Benzema marcou nove golos pela França desde que foi convocado pelo técnico Didier Deschamps para as finais do Euro 2020, tornando-o o quinto maior marcador da história dos Les Bleus.

A sua performance em campo ajudou a reabilitar a sua imagem aos olhos de muitos fãs franceses e do técnico Didier Deschamps.

"Ele não é mais a mesma pessoa, ele amadureceu", disse Deschamps no mês passado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG