Links de Acesso

Juventude da CASA-CE clama por justiça no caso Hilbert Ganga


Hilbert Ganga assissinado em 2013

Quantro anos depois do seu assassinato pela Guarda Presidencial angolana, aguarda-se uma decisão do Tribunal Superior

Os familiares de Hilbert Ganga, o patrono da juventude da CASA-CE, assassinado por militares da guarda presidencial há cerca de quatro anos continuam a aguardar por justiça.

CASA aguarda ainda por decisão de tribunal na morte de Hilbert Ganga - 1:57
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:57 0:00

Depois do tribunal ter posto em liberdade o autor material dos disparos, foi interposto um recurso ao Tribunal Superior que não responde já lá vão quase dois anos.

A Juventude Patriótica de Angola, (JPA),braço juvenil da CASA-CE promete continuar a pressionar até que os autores materiais e morais sejam responsabilizados pelo crime.

Rafael Aguiar, o homem-forte da JPA, promete que os assassinos do patrono juvenil da CASA-CE vão pagar pelo crime, tarde ou cedo.

"Os autores morais nunca foram julgados e o autor material foi absolvido e mandado para casa", disse Aguiar, para que “é um absurdo que num acto criminoso como este os únicos que estão detidos são a arma que disparou e as balas”.

Há mais de um ano foi interposto um recurso pela soltura do autor material, mas o Tribunal Superior ainda não se pronunciou sobre o mesmo.

A JTA diz que não vai sossegar enquanto a justiça não for feita em relação a Hilbert Ganga.

Quanto ao actual momento que o país vive, a organização pensa que são apenas operações cosméticas que em nada vão mudar a vida de quem sempre sofreu no país.

“O que se assiste é um ambiente de pseudomudanca social, que só sorri para alguns do MPLA, os excluídos de sempre continuam excluídos, os que têm fome, vão continuar com fome, é apenas uma estratégia do MPLA", concluiu Rafael Aguiar.

As jornadas deste ano de celebração ao patrono JTA decorrem em todo país ate o dia 25 de Novembro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG