Links de Acesso

Justiça da Zâmbia retira acusação e liberta líder da oposição

  • Redacção VOA

Hakainde Hichilema critica vitória de Edgar Lungu

Hakainde Hichilema estava preso desde Abril e acusado de traição

A justiça da Zâmbia ordenou nesta quarta-feira, 15, a libertação do líder opositor Hakainde Hichilema e o fim do seu julgamento por traição iniciado em Abril, que provocou tensões políticas no país.

"Hakainde Hichilema e outros cinco acusados saíram da prisão e as acusações de traição foram abandonadas. A A procuradoria decidiu encerrar as acusações penais", escreveu no Twitter o Partido Unido para o Desenvolvimento Nacional (UPND).

Hichilema estava detido desde Abril, quando interceptou a passagem da comitiva do Presidente zambiano Edgar Lungu, cuja reeleição ele questiona desde o ano passado.

A acusação por traição poderia resultar numa condenação de entre 15 anos de prisão e pena de morte.

O caso aumentou a tensão política existente na Zâmbia desde a eleição presidencial de 2016 e a vitória de Edgar Lungu.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG