Links de Acesso

Jovens clamam por emprego em Luanda


Manifistação para pedir nova política de empregos prevista para 21 de Julho

Após nove meses à frente do Governo, os angolanos começam a pedir a Presidente João Lourenço o cumprimento das promessas de campanhas, entre elas a da criação de 500 mil empregos durante o mandato.

Jovens dizem que não há empregos e, em consequência, muitos terminam no consumo de álcool e drogas e, consequentemente na criminalidade urbana

Uma manifestação está marcada para 21 de Julho para exigir mais oportunidades de emprego aos jovens.

Em conversa com a VOA, vários jovens contaram as suas amarguras por que passam por falta de emprego.

Entretanto, Laurinda Gouveia, uma das activistas do processo dos 17, amnistiados pelo antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, afirma que por falta de emprego muitos destes jovens inclinam-se para o álcool.

Gouveia é uma das organizadoras da manifestação do dia 21 de Julho para pedir mais empregos e diz que falta boa vontade ao Presidente João Lourenço para criar empregos.

“Podemos dizer que é pouco tempo, mas se houvesse vontade de promover mais emprego podia se começar da base”, defendeu a activista.

A manifestação terá inicio às 11 horas defronte a Santana. em Luanda.

Acompanhe a reportagem:

Problemas sociais dos desempregados - 2:13
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:13 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG