Links de Acesso

José Mário Vaz diz não estar preocupado com as sanções da CEDEAO


José Mário Vaz

PR guineense afirma estar empenhado em criar emprego

O Presidente da Guiné-Bissau afirmou não estar preocupado com as sanções impostas pela CEDEAO a 19 personalidades do país, entre elas o seu próprio filho,

José Mário Vaz disse a jornalistas após a visita a uma antiga fábrica em Cumeré a norte de Bissau, nesta quinta-feira, 22, estar preocupado em criar emprego para os jovens.

Questionado sobre o facto de as sanções abrangerem o seu filho, Vaz respondeu que "é um guineense como qualquer outro cidadão".

"Disse-lhe isso. Ele é homem. O nome dele consta da lista, tem que estar do lado dos outros guineenses para arranjarmos soluções para isso", sublinhou José Mário Vaz, que se expressou em crioulo.

Na semana passada, as personalidades alvo de sanções realizaram um comício a critica a CEDEAO e acusar o presidente do PAIGC, Domingos Simões Pereira, e o presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassama, de terem encomendado as sanções.

Depois enviaram uma carta à organização regional a pedir a anulação das sanções.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG