Links de Acesso

Jordânia condena militar que matou três instrutores americanos


Sessão do Tribunal Militar, Jordânia, 17 de Julho, 2017.

Um tribunal militar da Jordânia condenou à prisão perpétua um soldado por ter morto três instrutores do exército americano a tiro, no ano passado.

A sentença de Marik al-Tuwayha foi divulgada hoje, e inclui trabalho forçado.

O militar jordaniano negou o crime. O seu advogado disse que vai apresentar recurso.

Os disparos foram em Novembro nos portões de uma base militar jordaniana.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG