Links de Acesso

João Lourenço desafia a produção de dois milhões de toneladas cereais

  • Fernando Caetano
  • Redacção VOA

João Lourenço abre campanha agrícola no Huambo

Presidente angolano quer acabar com importações de alimentos com produção nacional

O Presidente angolano, João Lourenço, desafiou as mulheres e homens do campo a produzir mais de dois milhões de toneladas cereais como estratégia para alimentar o país e reduzir ou eliminar as importações de alimentos.

O apelo foi lançado nesta quarta-feira, 11, na vila de Cachiungo província do Huambo, onde na abertura da campanha agrícolo 2017/2018, ele afirmou ter chegado a hora de “todos olharem para a produção agrícola como meio de sustentabilidade para alimentar todo país”.

Lourenço exortou o sector agrícola a colocar o país a "produzir a comida que precisa" e garantiu que o Governo angolano vai manter a aposta na agricultura como uma das principais apostas como alternativa ao sector petrolífero no processo de diversificação da economia.

"Vamos fazer tudo que está ao nosso alcance para não importar alimentos, porque temos capacidade de produzir comida, temos de ser nós a produzir a comida que precisamos, bem como exportar e angariar divisas com o excedente", afirmou João Lourenço, apontando a captação de investimento para prioridade do seu Executivo.

Este é o primeiro acto público de João Lourenço foram de Luanda desde que assumiu a Presidência do país a 26 de Setembro.

Na segunda-feira, 17, Lourenço apresentar o seu primeiro Estado da Nação junto da Assembleia Nacional.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG