Links de Acesso

Isabel dos Santos promete processar jornal por notícia sobre subsídio do OGE


Isabel dos Santos

Empresária fez o "aviso" antes do semanário Expansão revelar que empresa dela recebeu dinheiro destinado ao sector público

A empresária Isabel dos Santos denuncia o que chama de "caça às bruxas" ao dizer ser falsa a notícia veiculada nesta quinta-feira, 29, pelo semanário Expansão de que a empresa Niara Holdings teria recebido verbas do Orçamento Geral do Estado.

A posição de Santos foi divulgada através de um post na sua página de Facebook um dia antes do semanário publicar a notícia.

Na sua edição online de hoje, o jornal Expansão escreve que, a Conta Geral do Estado de 2015 regista um subsídio operacional de 2.450 milhões de kwanzas, cerca de 18 milhões de dólares à câmbio na época, a favor da Niara Holdings, destinado apenas a empresas do Sector Empresarial Público (SEP).

Fonte do Ministério das Finanças de Angola, citada pelo Expansão, refere que a verba serviu para pagar a participação da Empresa Nacional de Distribuição de Eletricidade (ENDE) de Angola na empresa portuguesa Efacec.

Segundo as Contas Geral do Estado “havia um pagamento a ser feito por conta da ENDE. Entretanto, o Tesouro adiantou o pagamento diretamente à empresa Niara [Holdings] relativo ao investimento que a ENDE fez para a aquisição de uma participação na empresa portuguesa fabricante de produtos de energia, sistemas e mobilidade elétrica]. Este valor passaria posteriormente por um acerto de contas entre a ENDE e o Tesouro Nacional, por contrapartida de subsídios”, lê-se no artigo assinado por Carlos Rosado de Carvalho, director do semanário, e Joaquim José Reis.

Entretanto, ontem, um dia antes da notícia ser publicada pelo jornal Expansão, Isabel dos Santos, que foi contactada pelo jornal para se pronunciar, escreveu no Facebook que se tal falsa afirmação for publicada, "procederá com queixa crime por difamação, contra qualquer jornalista individualmente a título pessoal e publicação a título colectivo que afirmar estás falsas insinuações".

Quanto aos factos, segundo Santos, "a Niara Holdings nunca recebeu verba alguma da conta geral do Estado ou do OGE. É falsa toda e qualquer afirmação que a Niara Holdings tenha recebido qualquer verba ou dotação do estado angolano ou OGE", assegura Isabel dos Santos, a

A filha do antigo Presidente da República acrescentou que a desinformação tem que parar bem como a moda da "caça às bruxas".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG