Links de Acesso

Cidadãos guineenses pedem investigação à morte de João Bernardo "Nino" Vieira


João Bernardo "Nino" Vieira

Presidente guineense foi morto na sua residência por militares mas investigação foi arquivada

Um grupo de cidadãos guineenses assinala nesta sexta-feira, 2, em Bissau, a data do assassinato do ex-Presidente guineense João Bernardo “Nino” Vieira, assassinato em 2009.

O processo judicial da morte do antigo Chefe de Estado por militares foi arquivado pelo Ministério Público.

Cidadãos guineenses pedem investigação à morte de João Bernardo "Nino" Vieira - 1:50
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:50 0:00

Justino Sá, um dos membros do grupo de cidadãos que exigem uma investigação à morte do ex-Presidente, defende a reabertura do processo.

“Um Presidente foi morto, na sua residência, e até agora não se é capaz de descobrir quem o matou e acima de tudo vêm dizer que não têm elementos para dar continuidade ao processo e decidem araquivá-lo? Isso não passa de um país de impunidade, é inconcebível”, sustenta Sá.

Os familiares e amigos de “Nino” Viera querem, também, que a justiça seja feita sobre o assassinato do então Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas, Tagme Na Waie, morto, horas antes.

Por outro lado, o grupo de cidadãos questiona também a passividade da CEDEAO neste processo de investigação judicial e consequente responsabilização dos culpados por parte das autoridades nacionais.

“Ele lutou pela afirmação da CEDEAO. Não é concebível que os países que fazem parte desta organização ficarem indiferentes sobre o que está a passar com o processo da morte de Nino Viera. Há uma necessidade desses países intervierem junto das nossas autoridades para pedir o esclarecimento sobre este processo”, exige Justino Sá.

Uma fonte judicial disse à VOA que a decisão do Ministério Público está ligada ao Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça, segundo o qual, todos os processos judiciais que ultrapassem seis meses de investigação devem ser arquivados.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG