Links de Acesso

Inhambane espera mais investimento sul-africano

  • Simião Pongoane

Daniel Chapo, Governador da Provincia de Inhambane

Governador da província liderou um seminário de promoção de oportunidades em Sandton.

O Governador de Inhambane, Daniel Chapo, aguarda com expectativa a reacção prática dos empresários sul-africanos interessados em investir na província, após à apresentação das potencialidades da chamada terra de boa gente, em Sandton, norte da cidade de Joanesburgo.

Alguns empresários sul-africanos conhecem a província mais turística na região Sul de Moçambique.

O turismo, infra-estruturas, concretamente estradas, energia e agricultura são áreas que precisam desesperadamente de muitos investimentos em Inhambane, sobretudo depois do recente e devastador ciclone Dineo.

Mesmo com uma participação fraca no seminário, o Governador Daniel Chapo espera que os empresários sul-africanos irão aproveitar as oportunidades.

Algumas empresas sul-africanas, com a petroquímica SASOL no topo, têm investimentos sólidos em Inhambane.

A SASOL explora o gás natural no distrito de Vilanculos e fez uma apresentação da sua experiencia de mais de 10 anos de operação naquela zona de Pais.

O Governador Daniel Chapo disse que três grupos de negócios, nomeadamente de sul-africanos, chineses e de zambianos estão interessados no projecto de construção da estrada de pouco mais de 500 kms ligando Inhambane e África do Sul.

O estudo de viabilidade do projecto está concluído e é avaliado em 700 milhões de dólares norte-americanos.

O director-geral do Centro de Promoção de Investimentos, Lourenço Sambo, falou dos benefícios fiscais para potenciais investidores, destacando que Inhambane e Moçambique em geral são verdadeiros paraísos fiscais.

O seminário de negócios e investimentos para Inhambane foi promovido pela Embaixada de Moçambique em Pretoria em parceria com a Câmara do Comercio África do Sul-Moçambique.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG