Links de Acesso

Indonésia: Localizadas as caixas negras do avião de passageiros da Sriwijaya Air


Indonesia continua a busca por detritos do voo SJ 182 da Sriwijaya

Voo com mais de 60 a bordo desapareceu do radar minutos após a decolagem

As autoridades da aviação indonésia disseram neste domingo, 10 de Janeiro, que localizaram duas caixas negras do avião de passageiros da Sriwijaya Air que caiu logo após a decolagem de Jacarta no sábado.

Falando aos repórteres, Soerjanto Tjahjanto, chefe da agência de segurança de transporte da Indonésia, disse que os mergulhadores iriam procurá-las, na esperança de recuperá-las em breve.

Os dispositivos contêm gravações de voz da cabine e dados de voo, que podem ajudar os oficiais a entender por que o Boeing 737-500 com 62 pessoas a bordo caiu.

Um funcionário da Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia, Bambang Suryo Aji, confirmou anteriormente que destroços do avião foram encontrados.

Aji disse que a descoberta dos destroços foi relatada pela primeira vez pelo comando do posto local na Ilha de Lancang e que os destroços seriam enviados à Comissão Nacional de Segurança no Transporte.

Um centro de crise foi instalado no Terminal Internacional de Contentores JICT-2 de Jacarta no Porto de Tanjung Priok. Algum material dos destroços, incluindo partes de corpos e bens das vítimas, foi enviado para o centro e encaminhado para o Hospital da Polícia da Indonésia.

O porta-voz da polícia de Jacarta, Yusri Yunus, disse à VOA: "Nós realmente esperamos que os parentes mais próximos possam vir ao hospital. Eles deveriam fazer um teste de DNA para confirmar as partes do corpo que encontrámos. Também pedimos que trouxessem o registro médico, como registo dentário ou talvez uma tatuagem."

Afiliadas da rádio VOA em Pontianak, West Kalimantan, relataram que alguns parentes foram ao aeroporto de Supadio para obter mais informações sobre o avião. Alguns familiares não conseguiram esconder a sua tristeza e foram vistos chorando e gritando com a equipa do centro de crise.

O voo SJ182 estava a caminho de Pontianak, capital da província de West Kalimantan, na ilha de Bornéu, informou o Ministério dos Transportes.

Flightradar24, o serviço de monitoramento de voos, disse que o Boeing 737 "perdeu mais de 10.000 pés de altitude em menos de um minuto, cerca de 4 minutos após a partida de Jacarta."

O Ministro dos Transportes Budi Karya disse que o avião decolou às 14h36. horário local no sábado, mas quatro minutos depois, o controle de tráfego aéreo deixou de conseguir contactá-lo. "Em segundos, o avião desapareceu do radar", acrescentou.

Fontes da marinha e da força aérea indonésias disseram à VOA que pelo menos sete navios foram enviados para o local, enquanto algumas aeronaves estavam prontas para serem operadas do Aeroporto Sultan Hasanuddin em Makassar, South Sulawesi e Halim Perdanakusuma Airport em Jacarta na manhã de domingo.

O presidente-executivo da companhia aérea, Jefferson Irwin Jauwena, disse aos repórteres que a decolagem do avião atrasou 30 minutos por causa da chuva forte.

Um pescador local identificado apenas como Mahyudin na Ilha Pancang, perto do local onde foi perdido o contacto com o avião, disse em entrevista à VOA que "alguns pescadores me disseram que ouviram um grande estrondo, como uma explosão, no mar por volta de 14h30 ou 14h40.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG