Links de Acesso

Imigrantes moçambicanos ilegais na África do Sul podem ter documentos


Imigrantes moçambicanos ilegais na África do Sul tratam dos documentos

A maioria dos mais de 10 mil moçambicanos nas províncias sul-africanas do Cabo Ocidental, Oriental e do Norte vive ilegalmente e sem qualquer documento do seu pais de origem. A Direcção Nacional de Identificação Civil vai enviar este mês de Março equipas multissectoriais à cidade do Cabo para a documentação dos imigrantes.

O governo moçambicano tem enviado regularmente equipas multissectoriais para a documentação dos cidadãos moçambicanos na diáspora. A falta de documentos nacionais é a maior preocupação dos imigrantes moçambicanos na África do Sul.

Imigrantes moçambicanos ilegais na África do Sul podem ter documentos
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:22 0:00

Os consulados moçambicanos nas cidades do Cabo, Durban, Joanesburgo, Nelspruit e Pretoria não emitem bilhetes de identidade, mas fazem registo de nascimento de crianças. A falta de capacidade técnica para a emissão de bilhetes de identidade ou passaportes nos consulados acarreta elevados custos para o governo central com o envio regular de equipas de recolha de dados para a emissão de documentos nacionais.

Entretanto, a emissão de documentos nacionais para os imigrantes moçambicanos na África do Sul não legaliza a situação de imigrantes ilegais ou seja sem documentos de residência permanente ou de trabalho emitidos pelas autoridades sul-africanas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG