Links de Acesso

Hong Kong: Tribunal nega fiança a dois directores de diário acusados de “conluio com forças estrangeiras”.


Cheung Kim-hung director executivo quando foi preso na quinta-feira

Dois directores do diário Apple Daily de Hong Kong compareceram hoje em tribunal acusados de conluio tendo-lhes sido negada libertação sob fiança.

Dezenas de apoiantes e trabalhadores do jornal estiveram presentes na sala do tribunal onde decorreu a audiência.

Fora do tribunal a aguardar autorização para entrar
Fora do tribunal a aguardar autorização para entrar

O editor chefe Ryan Law e director executivo Cheung Kim-hung são acusados de conluio com forças estrangeiras para pôr em causa a segurança nacional da China numa série de artigos que a polícia diz apoiarem sanções internacionais.

O dois vão permanecer detidos até á próxima audiência a 13 de Agosto depois da acusação ter afirmado que a polícia precisa de mais tempo para examinar 40 computadores e 16 servidores apreendidos numa operação contra o jornal ao abrigo das novas leis de segurança introduzidas pela China no território.

Cerca de 500 polícias participaram numa rusga ao jornal na quinta-feira em que os seus directores foram detidos e computadores e blocos de notas de jornalistas apreendidos.

Polícias à entrada dos escritórios e redacção do jornal na quinta-feira
Polícias à entrada dos escritórios e redacção do jornal na quinta-feira

É a primeira vez que essas leis são usadas contra um meio de informação de Hong Kong .

O propietário do jornal Jimmy Lai já se encontra preso há vários meses ao abrigo dessas mesmas leis.

A vice-editora chefe da publicação Chan Pui-man que foi libertada sob fiança na sexta-feira disse que o jornal vai continuarr a ser publicadomas disse ao seu jornal estar ainada a avaliar o impacto da rusga policial nas operações.

Ela disse que ir’a também consultar advogados, acrescetnando esperar que os seus dois colegas façam um apelo contra a decisão do juíz de não lhes conceder liberdade sob fiança.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG