Links de Acesso

Hong Kong: Polícia usa gás lacrimogénio para impedir uma nova vaga de manifestações


Yuen Long, Hong Kong, 27 de Julho, 209.

A polícia de choque de Hong Kong disparou gás lacrimogéneo, neste sábado, 27, para dispersar uma multitidão que marchava contra supostos grupos criminosos que agrediram manifestantes pró-democracia, no último final de semana, perto da fronteira com a China,

As imagens transmitidas pela televisão mostraram repetidos lançamentos de gás lacrimogéneo contra a multidão em Yuen Long, depois de momentos de tensão com os manifestantes, alguns dos quais atiravam projéteis contra a polícia.

Marcha em Hong Kong, 27 de Julho, 2019
Marcha em Hong Kong, 27 de Julho, 2019

Os manifestantes prometeram ir às ruas em Yuen Long, apesar da ameaça de violência por parte de gangs e da proibição da polícia.

A polícia advertiu que com tal os manifestantes estariam a violar a lei.

No último fim-de-semana, suspeitos membros de gangs atacaram os manifestantes e passageiros numa estação ferroviária, em Yuen Long.

Hong Kong tem sido palco de manifestações há, pelo menos, dois meses.

Inicialmente, os manifestantes eram contra uma lei de extradição para a China, mas agora incluem pedidos de eleição directa de dirigentes e investigação de alegado uso excessivo da força pela polícia.

A líder de Hong Kong, Carrie Lam, disse que a lei de extradição estava "morta", mas os manifestantes continuam a exigir a sua retirada total.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG