Links de Acesso

Gravidez precoce aumenta no Kwanza Sul


Especialista alerta para o papel da família na educação

A Maternidade Geral do Sumbe, na província angolana de Kwanza Sul, registou nos últimos seis meses de 2017, 335 partos de adolescentes com menos de 17 anos de idade.

Desse total, 178 terminaram em cesarianas, segundo o médico ginecologista da Leandro Rodrigues.

Gravidez precoce aumenta em Kwanza Sul - 1:56
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:56 0:00

O médico reconheceu que a Maternidade tem feito o possível para atender os casos apesar dos problemas que enfrenta.

“Obviamente temos encontrado alguns constrangimentos porque muitas adolescentes não estão preparadas fisiologicamente para o parto e em muitos casos cheguem já em trabalho de parto, o que provoca muitas complicações”, adiantou Rodrigues.

Aquele responsável também admitiu que a Maternidade“enfrenta dificuldades a nível de recursos humanos, mas apesar disso temos enfrentado bem essas situações”.

Na província de Kwanza-Sul, apenas os municípios do Sumbe, Amboim e Kibala têm um médico gineco-obstetra.

Leonel Rodrigues alertou ainda para ao papel da família a educação dos jovens.

Gravidez precoce em São Tomé, uma realidade cada vez mais grave
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:16 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG