Links de Acesso

Governo moçambicano fecha mesquistas frequentadas por elementos que atacaram Mocímboa da Praia

  • Redacção VOA

Membros do grupo que atacou Macímboa da Praia

Três mesquitas já foram fechadas em Pemba

O Governo moçambicano decidiu encerrar mesquitas que tenham sido frequentadas por membros de um grupo armado considerado fundamentalista que atacou postos da polícia e matou quatro agentes no início de Outubro na vila de Mocímboa da Praia, na província de Cabo Delgado.

Três mesquitas na cidade de Pemba já foram encerradas pelas autoridades de Cabo Delgado, com o acompanhamento das congregações muçulmanas, o Conselho Islâmico e o Congresso Islâmico.

"Foi uma medida tomada pelo Governo e que abrange apenas as mesquitas que tiveram algum contacto com o grupo de cidadãos envolvidos nos acontecimentos de Mocímboa da Praia", revelou o director provincial de Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Álvaro Gonçalves, ao jornal moçambicano Notícias.

Além de Pemba, a capital, a medida poderá ser tomada contra mesquitas nos distritos de Chiúre, Montepuez, Macomia, Mocímboa da Praia, Palma e Nangade.

Nos dias 4 e 5 de Ourtubro, dezenas de homens armados atacaram os postos policiais em Mocímboa da Praia e chegaram a controlar parte da vila durante largas horas.

No total quatro polícias e pelo menos 14 atacantes morreram durante os tiroteios, enquanto as autoridades anunciavam que cerca de uma centena de pessoas foram presas para investigação.

Até agora não foi revelada qualquer resultado das investigações, nem ninguém foi levado à justiça.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG