Links de Acesso

Governo entrega cadastro de eleitores à CNE, oposição critica processo

  • Redacção VOA

Registo eleitoral terminou a 31 de Março

Eleições em Angola estão previstas para o mês de Agosto

O Ministério da Administração do Território (MAT) de Angola entregou nesta terça-feira, 18, a versão provisória do Ficheiro Informático dos Cidadãos Maiores (Ficim) com os dados eleitorais dos potenciais eleitores que procederam à prova de vida e ao cadastro até ao dia 31 de Março.

No acto, o secretário de Estado para os Assuntos Institucionais do Ministério da Administração do Território (MAT), Adão de Almeida, destacou o apoio logístico da Força Aérea Nacional e da Polícia Nacional ao processo de cadastro de cidadãos.

Entretanto, a UNITA, o principal partido da oposição volta a questionar a lisura do processo.

Vitorino Nhany critica
Vitorino Nhany critica

O seu responsável para as eleições, Victorino Nhany, acusa o MAT de não ter atendido às reclamações apresentadas oportunamente sobre as irregularidades registadas ao longo do registo eleitoral.

Na última semana, a oposição exigiu a realização de uma auditoria independente à base de dados dos cidadãos maiores, antes da sua entrega à CNE, para aumentar a confiança e a credibilidade do processo eleitoral, pretensão rejeitada pelo partido no poder.

Luís Jimbo
Luís Jimbo

Questionado sobre o assunto, o director executivo do Instituto Angolano de Sistemas Eleitorais e Democracia (IASED), Luís Jimbo, disse à VOAque a exigência da oposição resulta do facto de ter havido uma fraca fiscalização durante as duas fases do registo eleitoral.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG