Links de Acesso

Governo do Egipto aprova uso de vacina chinesa


É o primeiro país africano a aprovar a anunciar o uso de uma vacina já em janeiro

O Governo do Egipto aprovou o uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinopharm que começará a ser aplicada ainda neste mês.

O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Hala Zayed, em entrevista à emissora local MBC Masr.

Produzida pela Sinopharm com o Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, a vacina tem eficácia de 79%, inferior à das vacinas das farmacêuticas Pfizer/BioNTech (95%) e Moderna (94,1%), em uso em mais de 40 países.

Com cerca de 100 milhões de habitantes, o Egipto registou até agora mais de 140 mil casos de Covid-19 e 7,7 mil mortes pela doença e é o primeiro país africano a anunciar o início da vacinação.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG