Links de Acesso

Governo angolano não vai alterar proposta paras as autarquias, diz Pio Wakussanga


Padre Pio Wakussanga, sacerdote nos Gambos (Huíla) e activista social

Activista diz que consutlas populares nãos erevem para nada mas jurista tem opinião diferente

A consulta pública sobre o pacote legislativo das autarquias anunciadas para 2020 iniciada a 1 de Junho passado não vai mudar nada em relação à ideia do Governo sobre o processo, disse o conhecido activista e clérigo Jacinto Pio Wakussanga.

O Padre Wakussanga fez notar que a Constituição da República de 2010 e a actual lei de terras foram aprovadas a contento do Governo, mesmo depois de consultas públicas.

Governo angolano não vai mudar seus planos para as autárquicas diz activista - 1:38
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:38 0:00

"Para nós, consulta pública significava primariamente consultar aqueles que detêm a soberania que é o povo e o povo não é só o grupo de intelectuais que se pronunciam”, disse.

“O povo é sobretudo, a grande camada que se encontra em várias zonas do país sobretudo no interior onde as autarquias vão fazer uma grande diferença”, acrescentou o activista que disse ter “dúvidas que desta vez será diferente, infelizmente será a mesma coisa».

Opinião diferente tem o presidente do Conselho Interprovincial da Ordem dos Advogados na Huíla, Namibe e Cunene, Teotónio Londa.

O jurista acredita que da consulta sairão contribuições que vão melhorar o documento final.

«Não acredito que seja uma questão de imposição é uma questão sim de olharmos para a proposta discutirmos aquilo que deve ser discutido melhorar-se a proposta e assim voltar novamente a Assembleia», afirmou Londa.

O debate em torno das autarquias em Angola continua a diversos níveis.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG