Links de Acesso

Governador do Kwanza Sul admite fracasso de muitos projectos


Governador Eusébio de Brito Teixeira

UNITA considera situação lastimável

O governador do Kwanza Sul Eusébio Teixeira lamentou o facto de em 2018 factores fora do seu controlo terem levado a que muitos projectos não tivessem tido sucesso.

Opiniões sobe o que foi 2018 no Kwanza sul - 1:29
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:29 0:00

“O ano de 2018 fica marcado na história da nossa província como um ano de grandes desafios e limitações”, disse o governador ao fazer um resumo das actividades deste ano.

“No que diz respeito à acção governativa esta situação fez com que muitos projectos não fossem concluídos e outros não desenhados”, afirmou, afirmando contudo que o Governo provincial conseguiu estabelecer planos para melhorar a situação no próximo ano.

O secretário provincial da UNITA, Armando Kakepa, considerou que o estado actual da provincia do Kwanza Sul “é lastimável”.

Já p padre Joaquim Virgílio Canário, da Diocese do Sumbe, exortou as autoridades a fazerem esforços para manter na província os seus melhores quadros, notando a posição geográfica previligiada e as riquezas da província.

“Por ser zona de transição, o Kwanza Sul é das poucas regiões em Angola que têm possibilidades de crescer porque ela faz a integração de dois povos que são fortes em Angola”, assegurou.

“Além disso é uma zona abençoada, com muita água, com duas estradas nacionais fundamentais: a estrada 100 e a 120 e com grande potencial a todos os níveis, desde a agricultura aos recursos minerais, o Kwanza Sul tem tudo”, acrescentou o padre Canário, para quem “o Kwanza Sul tem potencialidades do que muitos países do mundo”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG