Links de Acesso

Governador de Cabinda diz que "não vai ceder a cunhas"

  • José Manuel

Cabinda

Eugénio Cesar Laborinho reconhece pressões para nomear pessoas nos cargos da província

O novo governador da província angolana de Cabinda começa a querer impor as suas ideias e um novo estilo de governação.

Em tempo de formar o Governo e nomear os responsáveis dos diversos cargos da administração, Eugénio Cesar Laborinho disse que não vai crira um executivo baseado em compadrios.

Ele reconhece que “há gente a fazer cunhas”, denuncia e refuta a pressão.

Laborinho revelou, por outro lado, que o problema de desemprego que afecta mais de oito mil jovens em Cabinda é da “responsabilidade do Governo central”.

Ele apelou contudo aos jovens a manterem-se “serenos e calmos porque a solução será gradual”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG