Links de Acesso

Gaza: Jovens do Nova Democracia em liberdade provisória; partido angariou fundos em 48 horas


Celebração da liberdade provisória, Nova Democracia, Gaza, Moçambique.

As autoridades da província de Gaza concederam hoje, 30 de Novembro, liberdade provisória aos 18 jovens membros do partido Nova Democracia, mediante uma caução de 720 mil meticais, cerca de 12 mil dólares americanos.

Os jovens foram detidos, no distrito de Chòkwé, a 15 de Outubro, dia de eleições gerais, acusados de falsificar credenciais para a fiscalização do processo.

A direcção do Nova Democracia diz que esse foi um argumento destinado a facilitar a viciação de resultados a favor do partido no poder, Frelimo, que veio a ser declarado vencedor.

Para conseguir o dinheiro exigido pelas autoridades, o partido Nova Democracia lançou o movimento #Gaza18, que diz ter logrado em dois dias.

Sequestraram os jovens e não tardou em pedirem o resgate (...) Primeiro pagamos o resgate e depois acertaremos a conta; e os verdadeiros infractores no fim sempre pagam”.
Quitéria Guirengane, Nova Democracia

“Nos últimos 43 dias, o tempo passou tão lento, e nas últimas 48 horas, o tempo voou”, lê-se no Facebook de Quitéria Guirengane, mandatária nacional do Nova Democracia.

Em relação à atitude das autoridades, Guirengane escreve que “sequestraram os jovens e não tardou em pedirem o resgate (...) Primeiro pagamos o resgate e depois acertaremos a conta; e os verdadeiros infractores no fim sempre pagam”.

A detenção dos jovens foi condenada pela sociedade civil moçambicana e organizações internacionais de direitos humanos.

Ainda não foi determinada a data para o julgamento do caso.

O partido Nova Democracia diz que “não nos basta viver na ilusão de uma liberdade provisória. Continuaremos em luta até que eles e nós sejamos efectivamente livres”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG