Links de Acesso

Três funcionários judiciais são-tomenses roubam 58 cápsulas de cocaína dos cofres dos tribunais


A droga foi entregue à justiça depois de terem sido encontrados no estômago de um cidadão guineense detido a 17 de Março

A Polícia de Investigação Criminal (PIC) de São Tomé e Príncipe acusou três funcionários judiciais de roubo de 58 cápsulas de cocaína que se encontravam nos cofres dos tribunais.

O roubo aconteceu no domingo, 25, revelou nesta quinta-feira, 29, o inspector da PIC, Avelino Quaresma.

As cápsulas de cocaína tinham sido encontradas no estômago de um cidadão guineense detido no aeroporto de São Tomé pela PIC proveniente de Fortaleza, no Brasil, no passado dia 17.

Na sequência, o tribunal decidiu pela prisão preventiva do cidadão guineense, enquanto a droga ficou a cargo dos tribunais.

Segundo Quaresma, falta recuperar um cápsula ainda.

"Os três funcionários judiciais roubaram a droga e levaram-na a um civil para negociar", disse Avelino Quaresma, adiantando “não dispor ainda de elementos” sobre qualquer ligação dos funcionários ao cidadão guineense.

O inspector não revelou os nomes e categorias dos funcionários nem se encontram detidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG