Links de Acesso

Funcionários acusam Secretário de Estado americano de violar a lei


Rex Tillerson

Tillerson teria retirado três países da lista de Estados que alistam crianças-soldado

Nos Estados Unidos, numa acção inusual, uma dúzia de funcionários do Departamento de Estado acusou formalmente o secretário de Estado, Rex Tillerson, de violar uma lei federal destinada a impedir que exércitos estrangeiros alistem crianças soldados, de acordo com documentos a que a agência Reuters teve acesso.

Os funcionários sustentam que Tillerson violou a Lei de Prevenção de Soldados Infantis quando decidiu em Junho excluir o Iraque, Mianmar e o Afeganistão de uma lista de infractores no uso de crianças-soldados.

Manter os países fora da lista anual permite que eles recebam fornecer assistência militar dos Estados Unidos, dizem os funcionários.

Os documentos analisados pela Reuters também mostram que a decisão de Tillerson estava em desacordo com uma recomendação unânime de dirigentes das agências regionais do Departamento de Estado que supervisionam as embaixadas no Médio Oriente e na Ásia, e do departamento de direitos humanos.

O secretário de Estado não reagiu ainda.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG