Links de Acesso

França aprova terapia anti-corpos para casos de Covid de alto risco


Imagem de arquivo: Testagem para a Covid. Rennes, França. Dezembro 1, 2021

As autoridades de saúde francesas aprovaram o uso de um tratamento de anti-corpos feito pela AstraZeneca para pessoas de alto risco que apresentam resistência às vacinas contra o coronavírus.

O órgão independente de saúde pública HAS anunciou sexta à noite "um sinal verde para o uso preventivo de Evusheld para pacientes com alto risco de contrair uma forma grave de Covid-19".

O Evusheld, desenvolvido pela empresa farmacêutica sueco-britânica, recebeu esta semana uma autorização de uso emergencial nos Estados Unidos para adultos e crianças a partir de 12 anos.

A aprovação francesa é apenas para adultos.

O Evusheld, que é feito de uma combinação de dois anti-corpos monoclonais, é administrado em duas injecções.

Os anti-corpos monoclonais - que reconhecem uma molécula específica do vírus ou bactéria alvo - são versões sintéticas de anti-corpos naturais.

Ao contrário da maioria dos outros tratamentos da Covid, que são administrados a pacientes já hospitalizados para prevenir doenças graves, o Evusheld é para pessoas que ainda não foram infectadas, mas podem não apresentar uma resposta imunológica adequada.

O HAS advertiu sobre os riscos cardiovasculares identificados durante os ensaios clínicos e recomendou que o medicamento não fosse administrado a casos com dois ou mais fatores de risco, como diabetes e obesidade.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG