Links de Acesso

Fracassada mais uma tentativa de reconciliação interna da FNLA

  • Redacção VOA

Dirigentes da FNLA nãos e entendem

O porta-voz da FNLA, Geoveth da Silva, disse à VOA que o anunciado amplo movimento de militantes de base que visava reunificar os líderes desavindos da organização fracassou porque os seus mentores pretendiam a destituição do actual líder Lucas Ngonda.

Geoveth da Silva reagia à informação avançada por um dirigente da organização na província do Zaire que aventou a possibilidade do fim da crise interna depois do surgimento do tal grupo de militantes de base que queriam unir Lucas Ngonda, actual presidente, e o antigo presidente Ngola Kabango.

Antes, o antigo secretário para a informação Miguel Pinto tinha admitido à imprensa o surgimento de “uma terceira via” para a esbater a crise interna que já dura há mais de 20 anos.

O porta-voz da FNLA disse que a pretensão dos integrantes deste grupo, criado em Agosto de 2016, é inaceitável e colide com o estatuto do partido.

O secretário provincial da organização juvenil da FNLA no Zaire, António Makiese, assegurou recentemente em conferência de imprensa que as desavenças internas estavam prestes a terminar, o que permitiria ao partido estar preparado para as próximas eleições “de forma adequada”.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG