Links de Acesso

Filipe Nyusi reconhece pressões contra diálogo com Dhlakama

  • Redacção VOA

Novo encontro entre Dhlakama (esq.) e Nyusi (dir) sem data

O Presidente moçambicano Filipe Nyusi revelou no fim-de-semana, no distrito de Morrumbene, na província de Inhambane, a existência de pressões de pessoas e sectores contrários a alguns entendimentos alcançados com o presidente da Renamo, Afonso Dhlakama.

Entre os assuntos que mais terá recebido pressões, Nyusi citou a retirada das tropas governamentais da Gorongosa.

“A sociedade não compreende, mas também há uma pressão do outro lado, defendendo que devia ser um pouco mais, enquanto outros defendem que se cedeu muito mais do que se devia”, revelou Nyusi, sem revelar, de forma clara, os sectores que fazem a pressão.

Apesar de reconhecer é “uma situação que não tem sido fácil de gerir, o Presidente moçambicano reiterou que “o importante é que a harmonia e a tranquilidade têm prevalecido”.

Ainda a este propósito, Nyusi voltou a denunciar, tal como havia feito durante a visita à província de Tete, a existência de algumas movimentações ao nível de algumas províncias do país que contrariam o espírito da paz.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG