Links de Acesso

Filho de Teodore Obiang quer comprar banco em Cabo Verde


Teodorin Nguema Obiang Mangue

Theodorin Nguema Obiang Mangue fez proposta por 51 por cento do BNC detidos pelo Banif de Portugal.

O filho do Presidente da Guiné Equatorial, Theodore Obiang, ofereceu 6 milhões de dólares pelos 51 por cento que o banco português Banif detém no Banco Cabo-verdiano de Negócios (BCN).

O negócio está a ser feito directamente com o Estado português, actual dono do Banif, e decorre no Banco de Portugal, de acordo com informações reveladas pelo site português por assinatura Confidencial 2.0, especializado em informações económicos.

Além de Theodorin Obiang Mangue, já formalizaram o seu interesse no banco cabo-verdiano a seguradora cabo-verdiana de capital maioritariamente português Ímpar e um investidor britânico da TRG, empresa responsável pela construção dos hotéis Hilton na Praia

Ambos terão oferecido 3,5 milhões de dólares, revelou nesta quarta-feira, 25, osite cabo-verdiano Oceanpress.

Entretanto, caso o Banco de Portugal aceitar a proposta de Theodorin Obiang Mangue, o Banco de Cabo Verde terá de aceitar a idoneidade do filho do Presidente da Guiné Equatorial.

Vice-presidente do seu país, governado pelo pai com mãos de ferro há 37 anos, Obiang Mangue é acusado em vários países de lavagem de dinheiro, desvios de fundos públicos e corrupção.

Nos Estados Unidos, 700 milhões de dólares da sua conta foram congelados e vários outros bens perdidos a favor do Estado e na França tem uma mandado de captura com ele.

XS
SM
MD
LG