Links de Acesso

Ferroviário da Beira perde na estreia diante do favorito US Monastir


Jogo de estreia do Ferroviário da Beira na BAL frente ao US Monastir da Tunísia, em Dacar, Senegal. 6 de Março

O Ferroviário da Beira, representante moçambicano na segunda edição da Liga Africana de Basquetebol (Basketball Africa League) estreou-se com derrota diante do Union Sportiv Monastir da Tunísia que venceu por 77-71, em jogo da primeira jornada da Conferência Sahara, que decorre no Arena Dakar, no Senegal.

A turma tunisina que chegou a esta competição como vice-campeã da primeira edição da liga profissional africana, organizada pela NBA e pela FIBA, fez valer o seu favoritismo na partida, mas encontrou uma pronta resposta dos “locomotivas”do Chiveve que venderam, cara a derrota, chegando mesmo a ameaçar o poderio da turma adversária.

Ferroviário da Beira está pronto para representar Moçambique na BAL
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:41 0:00

Depois de terminar o primeiro quarto por 19-17, a equipa moçambicana deu a volta ao texto ao fazer um parcial de 16-23 no segundo quarto, fazendo com que terminasse a primeira parte com cinco pontos de vantagem, ou seja 35-40.

Porém, após o descanso o US Monastir puxou dos seus galões e acelerou no seu jogo, perante a apatia ofensiva e defensiva da equipa de Luiz Lopez Hernandez que permitiu 19 pontos na sua tabela contra 13 marcados, fazendo com que os tunisinos passassem para a liderança com o placard a assinalar 54-53.

Com um ponto a separar as duas equipas na entrada dos últimos dez minutos, a equipa moçambicana continuou a acreditar que poderia vencer o jogo, mas encontrou uma melhor organização do jogo dos tunisinos que puxaram a sua experiência para decidir o jogo, sobretudo debaixo da tabela aonde Major Ater James se impôs ao, em todo jogo, marcar 19 pontos e capturar 12 ressaltos, contribuindo em grande medida para a vitória do US Monastir por 77-61.

Apesar da derrota, o Ferroviário da Beira deixou ficar boas indicações, sobretudo as atuações de William Perry (17 pontos, 5 ressaltos e 3 assistências) e Jermel Kennedy (17 pontos, 3 ressaltos e 4 assistências), dois jogadores norte-americanos que justificaram a sua contratação para esta competição.

O representante moçambicano volta a entrar em cena na próxima terça-feira, 8 de Março, devendo defrontar o DUC do Senegal, equipa anfitriã que saiu derrotada por 70-85 no confronto inaugural da competição com o SLAC da Guiné Conacri.

Na outra partida disputada neste domingo, o Ruanda Energy Group derrotou o AS Salé do Marrocos por 91-87. SLAC da Guiné – US Monastir da Tunísia é o outro jogo agendado para esta terça-feira.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG