Links de Acesso

FAO alerta para crise humanitária na África Oriental

  • Redacção VOA

Agricultura em crise

Somália, Quénia, Etiópia, Tanzânia e Uganda viram situação piorar com a falta de chuvas

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), alertou que cerca de 16 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária na Somália, no Quénia, na Etiópia, na Tanzânia e no Uganda.

A agência destaca que o número de carenciados nos cinco países da África Oriental aumentou cerca de 30 por cento desde o fim de 2016.

Com a falta de chuvas a fome piorou a situação, afectando campos agrícolas e de pastagem e provocando a morte de milhares de animais.

O director de emergências da FAO, Dominique Burgeon, disse que a falta de chuvas deixa as famílias sem formas de lidar com a situação que precisa de apoio antes que piore rapidamente.

A FAO considera preocupante a situação de segurança alimentar para os pastores somalis, da Etiópia e do Quénia onde além da morte de muitos animais caiu a produção de leite dos animais sobreviventes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG