Links de Acesso

Família dos Santos é vítima de "perseguição aberta" - Makuta Nkondo


Makuta Nkondo

A família de Eduardo dos Santos está a ser vítima de uma “perseguição aberta” que pode ter consequências graves para Angola, disse o deputado independente pela CASA CE Makuta Nkondo.

Nkondo comentava a decisão de Filomeno “Zenu” dos Santos de prescindir do seu advogado a e requerer um advogado oficioso para o defender em tribunal das acusações de branqueamento de capitais e peculato.

A decisão surpreendeu todos porque advogados oficiosos são geralmente indicados para réus sem posses.

A Ordem dos Advogados de Angola já avançou uma lista com nome de vários dos seus filiados disponíveis. Cabe agora o juiz do Supremo Tribunal escolher um para se ocupar da defesa de José Filomeno dos Santos que alegou indisponibilidade de continuar a pagar advogados do escritório de Benja Satula .

"Não é que ele não tenha condições financeiras para pagar um advogado, ele está a fazer de propósito e com justa razão”,disse Makuta Nkondo para quem “tudo isto que se está a fazer contra os filhos de JES pode precipitar a sua morte”.

Nkondo recordou que no parlamento se tinha oposto ao que vê como “perseguição “ da família do ex presidente e recordou que aqueles que hoje se viram contra a família dos Santos “são os mesmos que comeram com o Eduardo dos Santos, incluindo o João Lourenço”.

“Isto é uma perseguição aberta a Eduardo dos Santos e sua família”, disse

“Quem bate no filho bate no pai e isto pode perturbar a paz e harmonia em Angola", acrescentou.

O constitucionalista Albano Pedro disse contudo poder ser verdade que Filomeno dos Santos não tenha meios para pagar a um advogado.

"É obvio que a dado momento da vida as pessoas não têm condições”, disse acrescentando quepode faltar dinheiro porque “ provavelmente as contas foram bloqueadas impedido-o de ter acesso ao seu dinheiro”.
Quem não acredita que Zenu Dos Santos não reúna condições financeiras para pagar advogado é o jornalista Ilidio Manuel.

"Penso até ser uma forma de gozar com os verdadeiros pobres que necessitam de facto de assistência judiciaria consagrada pelo direito angolano”, disse.

“Ninguém pode dizer que Zenu não tenha capacidade financeira para poder pagar(já que) ele é detentor de bens patrimoniais”, afirmouo jornalista

“Acho que ele pretende embaralhar as cartas no sentido que ele estáquase certo que não é um processo serio e não está muito preocupado”, disse.

“Ele confia na sua impunidade porque se fosse sério ele teria apostado na defesa de um advogado"”, acrescentou.

Mas o jurista Albano Pedroavisou que há um perigo na decisão de Zenu dos Santos.

"Não acredito que seja do interesse de Zenu Dos Santos que seja defendido por um defensor oficioso que na pior das hipóteses pode ser um estagiário

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG