Links de Acesso

Exército moçambicano deixa a Gorongosa

  • Ramos Miguel

Filipe Nyusi anunciou a retirada

Filipe Nyusi anunciou também a criança de dois grupos apra monitorar os consensos entre o Governo e a Renamo

As Forças de Defesa e Segurança de Moçambique retiraram-se das posições que ocupavam durante o período das hostilidades, em Gorongosa, na província de Sofala.

“As Forças de Defesa e Segurança já se retiraram das posições de Sal e Mapanga Panga, em Sofala, e na próxima semana vamos ordenar a retirada da zona de Namadjiwa, antiga base Mazembe para a Renamo”, revelou o Presidente da República na quinta-feira, 27.

Filipe Nyusi também anunciou a criação de um grupo de verificação e controlo dos consensos alcançados no diálogo entre o Governo e a Renamo, visando o restabelecimento efectivo da paz no país.

O grupo será composto por dois centros, o principal, com quatro elementos, dois indicados pelo Governo e outros pela Renamo e vai funcionar na cidade de Maputo.

O outro será instalado zona de Namadjiwa, na serra da Gorongosa, em Sofala, com oito membros, sendo quatro de cada parte.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG