Links de Acesso

EUA prendem suspeitos de colaborarem com a China para perseguir opositor


John Demers, subsecretário de Justiça

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos deteve na quarta-feira, 28, cinco pessoas suspeitas de colaboração com a China para perseguir um opositor do Governo chinês em Nova Jérsea

Entre os presos, está um detetive americano que foi contratado pelo grupo.

O subsecretário de Justiça John Demers disse que o grupo participava de uma operação ilegal conhecida como Fox Hunt (Caça à raposa) e foi criada para ajudar o Governo da China a localizar dissidentes no exterior.

Outras três pessoas foram formalmente acusadas de participação no esquema, mas não foram detidas porque acredita-se que elas estejam na China.

Por segurança, o Governo americano não deu mais detalhes sobre os opositores que eram alvo do grupo.

Os acusados responderão por conspiração para actuar como agente chinês, cuja pena pode chegar a cinco anos de prisão.

A iniciativa foi criada para ajudar o Governo da China a localizar dissidentes no exterior.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG