Links de Acesso

EUA pondera banimento de laptops em todos os voos internacionais

  • Redacção VOA

Foto de arquivo

Outra medida em vigor proibe laptops em voos para 10 cidades do Médio Oriente e África do Norte.

O chefe da Segurança Interna dos EUA, John Kelly, diz que está em análise a proibição de computadores portáteis nas cabines de passageiros de todos os voos internacionais de e para os Estados Unidos.

Há sinais de uma "ameaça real" contra a aviação civil a partir de dispositivos eletrónicos de mão, afirma Kelly.

Falando num programa informativo da televisão Fox, Kelly disse que os terroristas estão "obcecados" com a ideia de "derrubar um avião em voo".

Segundo Kelly, na semana passada, o presidente Donald Trump falou sobre a possibilidade de banimento de “portáteis” em Bruxelas com personalidades da União Europeia.

Neste verão cerca de 3.250 voos são esperados semanalmente entre países da União Europeia e os Estados Unidos, de acordo com dados do sector da aviação.

Em março deste ano foi emitida uma ordem que proíbe computadores portáteis em cabines, medida que afecta aproximadamente 50 voos, por dia, aos Estados Unidos de 10 cidades, no Oriente Médio e África do Norte.

A medida impõe que todos os aparelhos eletrónicos maiores que um smartphone sejam despachados.

A Grã-Bretanha tomou uma medida similar para voos da Turquia, Líbano, Jordânia, Egipto, Tunísia e Arábia Saudita.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG