Links de Acesso

Etiópia: Chefe do Exército assassinado em tentativa de golpe de estado


O chefe do Estado-Maior da Etiópia, Seare Mekonnen

O chefe do Estado-Maior da Etiópia e o presidente regional do estado de Amhara foram mortos em dois ataques relacionados, quando um general tentou tomar o controle de Amhara numa tentativa de golpe, informou o gabinete do primeiro-ministro neste domingo, 23 de Junho.

Ambachew Mekonnen, presidente regional do estado de Amhara, e o seu assessor foram mortos a tiros na capital de Amhara, Bahir Dar, na noite de sábado.

Na mesma noite, mas num ataque separado, o chefe do Estado Maior da Etiópia, Seare Mekonnen, e outro general reformado foram mortos a tiros na casa do chefe do Exército em Adis Abeba, pelo seu guarda-costas, que entretanto foi detido.

O comunicado do gabinete do primeiro-ministro, Abiy Ahmed, informou que os dois ataques estão relacionados.

Segundo a Reuters, o gabinete de Abiy apontou o chefe de segurança do estado de Amhara, o general Asamnew Tsige, como responsável pelo golpe frustrado, sem dar detalhes de seu paradeiro. Asamnew foi libertado da prisão no ano passado, após ter sido amnistiado por uma tentativa semelhante de golpe.

Abiy assumiu o cargo há pouco mais de um ano e lançou reformas sem precedentes na Etiópia, o segundo país mais populoso de África e uma das economias em crescimento mais rápido no continente.

Mas mudanças aplicadas pelo primeiro-ministro nos serviços militares e de inteligência renderam-lhe poderosos inimigos. O seu governo esforça-se para conter figuras poderosas na miríade de grupos étnicos que lutam contra o governo federal e entre si por maior influência e recursos na Etiópia.

Num comunicado, a embaixada dos Estados Unidos em Adis Abeba expressou choque e tristeza na sequência deste ataque: "Os ataques contra estes homens foram contra as instituições e a nação que eles serviram. Os Estados Unidos mantém-se firme no apoio à Etiópia, à medida que o país trabalha em reformas políticas e económicas que representam o caminho certo para a prosperidade da Etiópia, sua inclusão política e estabilidade".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG