Links de Acesso

Estudo revela que corrupção e impunidade mancham a justiça angolana

  • VOA Português

Palácio da Justiça, Luanda

Conclusão é do Instituto Mozaiko ao assinalar os seus 20 anos

A corrupção e a impunidade são fenómenos que concorrem para o descrédito das instituições ligadas à justiça por partemuitos cidadãos angolanos.

A conclusão é de um estudo realizado pelo Mozaiko, Insituto para a Cidadania, ligada à Igreja Católica, e revelada pela advogada Elsa Teixeira por ocasião de mais um aniversário da instituição que se assinala na quarta-feira, 20.

“O cidadão não confia porque alguns têm familiares que por algum motivo foram detidos mas soltos mais tarde porque pagaram em cash e outros lesados que viram os agressores soltos depois de algum tempo”, revelou Teixeira, para quem um dos grandes desafios que se colocam à justiça em Angola tem a ver com a necessidade da operacionalização dos seus mecanismos e a sua extensão a todo o país.

Por ocasião dos 20 anos da sua criação, o Mozaiko, Instituto para a Cidadania, realiza até esta sexta feira, 22, as terceiras jornadas de cidadania que compreendem, concursos de teatro, exposição de fotografias e um ciclo de conferências sobre os direitos humanos e cidadania animadas por responsáveis da Igreja Católica e por conhecidos académicos das vária áreas do conhecimento.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG