Links de Acesso

Estudantes guineenses tentam evitar nova greve dos professores


Bissau

Estudantes agrupados no chamado Movimento “Carta 21” bloquearam as ruas da capital da Guiné-Bissau nesta-quinta-feira, 7, para exigir ao Governo que cumpra o acordo assinado com os três sindicatos do sector de educação para eviar uma nova paralisação nas escolas públicas.

Estudantes guineenses tentam evitar nova greve dos professores
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:32 0:00

Os estudantes estão confrontados com uma nova ameaça de greve nas escolas públicas, que periga, assim, a validade do presente ano lectivo, que começou, tardiamente, devido à paralisação feita de Outubro ao inicio de Janeiro, por parte dos sindicatos.

As organizações sindicais da educação prometem paralisar as aulas outra vez a menos que as autoridades resolvam os problemas ligados ao pagamento de atrasados a certas categorias de professores.

Ao bloquearem a principal via de acesso ao centro da cidade, os estudantes quiseram prevenir e alertar o Governo e a sociedade para as consequências de uma nova greve.

“O país se constrói com a escola. E se assim é, todos devem parar, dedicando uma pequena atenção à escola”, dizFranique da Silva, do movimento “Carta 21”.

O Governo não se pronunciou nem sobre a acção dos estudantes nemsobre as propostas dos sindicatos.

Os professores adiaram um pré-aviso de greve previsto para ser entregue ontem devido à intervenção do secretário-geral da União Nacional dos Trabalhadores Guineenses que tenta chegar a um acordo com o Governo.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG