Links de Acesso

Estados Unidos ajudam Cabo Verde a distribuir vacinas da Covid-19, diz Ulisses Correia e Silva


Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde

O Primeiro-ministro cabo-verdiano garante que as primeiras vacinas que chegaram esta sexta-feira, 12, ao arquipélago, serão colocadas em todas ilhas, com ajuda dos Estados Unidos.

Ulisses Correia e Silva disse que as vacinas serão transportadas numavião dos Estados Unidos da América, que se encontra no país no quadro da parceriacom a guarda costeira.

Cabo Verde recebeu o primeiro lote de 24 mil doses da AstraZeneca no âmbito da plataforma Covax, estando previsto para o dia 15 a chegada das 5800 doses da Pfizer. Outras 100 mil chegarão ainda no decorrer deste ano.

No plano nacional de vacinação publicado no boletim oficial, o Executivo traçou a meta de vacinar 60 por cento da população até 2023, sendo 20 por cento para cada um dos três anos.

Mas após a chegada do primeiro lote, Correia e Silva fala em vacinar 70 por cento dos cidadãos até final deste ano.

O chefe do Governo afirma que o arranque da vacinação será no dia 19 do corrente, em todas as ilhas, começando pelos profissionais de saúde, que se encontram na linha da frente do combate ao SARSCOV-2.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG