Links de Acesso

Estados Unidos ajudam Angola a combater a malária

  • Redacção VOA

USAID garante apoio a campanhas do Ministério da Saúde e da telefónica Unitel

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) vai ajudar a companhia telefónica angolana Unitel numa campanha de informação sobre a malária e o Ministério da Saúde distribuir milhões de redes mosqueteiras com insecticida.

Em nota, a embaixada americana em Luanda revelou que a USAID vai ajudar na campanha do Ministério da Saúde de Angola para a distribuição de cerca de 10 milhões de mosquiteiros em 15 das 18 províncias angolanas, bem como na execução nacional de programas informáticos, visando a melhoria do acesso de dados sobre a vigilância da malária e a cadeia de fornecimento.

Por seu lado, a Unitel, empresa de Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente José Eduardo dos Santos, vai colocar à disposição dos mais 11 milhões de clientes informação actualizada sobre a doença, através do seu programa Stop Malária.

“Melhorando o acesso a uma informação mais precisa, atempada e completa, durante os picos das epidemias da malária, incluindo a informação sobre os números de infeções, cobertura geográfica e disponibilidade de medicamentos, salvar-se-ão vidas", afirmou o director da USAID em Angola, Derrick Brown, citado na nota.

Recorde-se que a malária é a principal causa de morte por doença em Angola.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG