Links de Acesso

Esposa de sul-africano acusado de terrorismo em Moçambique diz que o marido é inocente


Palma, Cabo Delgado

“Há gente influente que quer ficar com a propriedade de Andre na praia”, escreve Francis Hanekom no Facebook.

A esposa de Andre Hanekom, sul-africano alegadamente envolvido em terrorismo em Moçambique, diz que o seu marido foi erradamente detido e que é vítima de uma armadilha.

“Há gente influente que quer ficar com a propriedade de Andre na praia”, escreve Francis Hanekom no Facebook.

Noutra mensagem citada pelo Mail&Guardian, Francis diz que “as mentiras serão apanhadas e os últimos a rir, riem melhor”.

E a filha Amanda disse que a família vai ganhar o caso.

André Hanekom é acusado, na companhia de dois tanzanianos, de liderar os insurgentes que têm atacado distritos da província de Cabo Delgado.

Na acusação ele é tido como responsável logístico e será ouvido no tribunal que julga cerca de 200 suspeitos envolvidos nos ataques em Pemba, a capital de Cabo Delgado.

Ontem, a ministra sul-africana das Relações Exteriores e Cooperação, Lindiwe Sisulu, pediu uma investigação sobre o alegado envolvimento de Hanekom no terrorismo em Cabo Delgado.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG