Links de Acesso

Espanha: Separatista catalã ignora intimação e vai ao 'exílio'


Apoiantes de separaristas.

Rovira, reeleita deputada nas eleições catalãs de dezembro, não especificou o seu destino.

A destacada líder separatista catalã Mata Rovira ignorou hoje, 23, a intimação para comparecer à Justiça, durante a qual poderia ter sido detida provisoriamente, e anunciou que iria para o "exílio".

"Hoje empreendo um caminho duro (...) o caminho do exílio", afirma na carta a número dois da Esquerra Republicana de Catalunya (ERC), citada pela AFP.

Rovira, reeleita deputada nas eleições catalãs de dezembro, não especificou o seu destino.

Marta Rovira foi intimada a comparecer hoje diante do juiz do Tribunal Supremo Pablo Llarena, responsável pelo processo sobre rebelião, sedição e malversação contra a cúpula separatista catalã, por sua tentativa frustrada de secessão da Espanha, no ano passado.

Da mesma lista constam outros cinco separatistas, que se foram ao tribunal e esperam conhecer as acusações que pesam sobre eles: o candidato a presidente regional Jordi Turull, a ex-presidente do Parlamento catalão Carme Forcadell e os ex-ministros regionais Raúl Romeva, Dolors Bassa e Josep Rull.

O líder de seu partido, Oriol Junqueras, é um dos investigados na causa instruída pelo juiz Llarena e se encontra em detenção provisória perto de Madrid desde 2 de novembro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG