Links de Acesso

Empresas chinesas preparam investimentos em São Tomé e Príncipe

  • Óscar Medeiros

Patrice Trovoada, primeiro-ministro são-tomense

Primeiro-ministro afirma que 2017 é o ano de projectos estruturantes.

Depois do reatamento das relações diplomáticas com a República da China Popular anunciado há duas semanas, cerca de uma dezena de empresas chinesas desembarcaram em São Tomé e Príncipe para negociar com o Governo o financiamento de projectos no sector de infra-estruturas.

Em conferência de imprensa nesta segunda-feira, 9, o primeiro-ministro anunciou que este ano vai arrancar o projecto de ampliação e modernização do único aeroporto internacional do país.

Patrice Trovoada disse que também está a trabalhar no lançamento do projecto do porto em águas profundas e confirmou o interesse de pelo menos duas empresas chinesas.

“2017 vai ser o ano em que o país vai descolar em termos de infraestruturas", garantiu o primeiro-ministro.

Patrice Trovoada acredita que a maioria dos projectos de infra-estruturas estruturantes vai ter financiamento no quadro da nova era de cooperação com a República Popular da China.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG