Links de Acesso

Empresa de transportes anuncia greve em Angola


Luanda sem transportes públicos a 19

Quatrocentos trabalhadores da TURA exigem pagamento de salários em atraso

Os trabalhadores da empresa Transporte Urbano Rodoviário de Angola (TURA) entram em greve a partir da próxima segunda-feira, 19, em protesto pela falta de pagamento de subvenção por parte do Governo e de quatro meses de salários em atraso.

Os 400 trabalhadores dizem ter apelado a uma intervenção do Ministério dos Transportes e do Presidente da República, mas sem qualquer resposta.

Empresa de transportes anuncia greve em Angola 2:00
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:42 0:00

Júlio Keta Tomais Caitano, coordenador do Bureau Sindical da TURA, disse que a greve será a nível nacional.

A empresa já despediu cerca de 100 trabalhadores por causa da falta de pagamento de uma dívida de 500 milhões de kwanzas por parte do Governo.

“A causa é porque o Governo não paga a subvenção há seis meses e nós os trabalhadores já estamos há meses sem receber salários”, justificou.

Caitano afirmou que 70% do custo do bilhete de passagem é assumido pelo Governo, que nunca paga.

“Já contactámos o Governo, escrevemos para o Presidente da República e para ministro dos Transportes mas mesmo assim não há resposta”, concluiu o sindicalista.

A VOA tentou falar com José Augusto Junça, director-geral da TURA, mas não sem sucesso.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG