Links de Acesso

Emigrantes angolanos fazem registo eleitoral no país

  • Isaías Soares

Brigada de Registo Eleitoral

Malanje mobilizar-se para a segunda fase.

A segunda fase do registo eleitoral e actualização arrancou nesta quinta-feira, 5, em Malanje com 256 brigadistas nos 14 municípios da província.

O director provincial dos Registos, João de Assunção, garantiu que na última semana mais de uma dezena de cidadãos nacionais residentes na diáspora fizeram o registo.

João de Assunção, director provincial dos Registos em Malanje
João de Assunção, director provincial dos Registos em Malanje

No início da segunda fase, o secretário nacional da JFNLA, Kiako Samuel Kialapediu a adesão ao registo eleitoral.

“Aproveitamos para apelar a massa juvenil a aderir naquilo que é o pacote actualização do registo eleitoral, para que aflua com a máxima pontualidade nos postos de registos”, referiu Kiala, justificando que “só com este pacote nós conseguimos atingir os objectivos ou alternância do poder”.

Kiako Samuel Kiala, secretário nacional da JFNLA
Kiako Samuel Kiala, secretário nacional da JFNLA

O director provincial da Juventude e Desportos, Fernandes Cristóvão disse que em 2016 o sector em parceria com as organizações juvenis participação em diferentes campanhas de sensibilização da juventude para o maior acontecimento que acontece este ano em Angola.

Fernandes Cristóvão, director provincial da Juventude e Desportos em Malanje
Fernandes Cristóvão, director provincial da Juventude e Desportos em Malanje

O responsável governamental precisou que as eleições gerais serão um acontecimento de grande importância para o país e para os jovens, “daí a nossa preocupação, o apoio, a nossa atenção particular neste processo”.

Durante a primeira fase do registo eleitoral a Direcção Provincial de Registo em Malanje contabilizou 240.820 operações de registos, das quais 281.863 actualizações de dados e 38.957 novos registos.

XS
SM
MD
LG