Links de Acesso

El Salvador decreta estado de emergência para fazer face a violência entre grupos criminosos


Agentes no local de uma das pessoas mortas este fim de semana

Pelo menos 50 pessoas mortas este fim de semana

O Congresso de El Salvador aprovou o estado de emergncia pedido pelo presidente Nayib Bukele para combater uma onda de violência e mortes causadas por confrontos entre bandos rivais de criminosos.

Os meio de informação salvadorenhos disseram que cerca de 50 pessoas foram mortas este fim de semana numa onda de violência não vista no país há vários anos.

O decreto aprovado suspende as garantias constitucionais de reunião e tornam mais fácil deter pessoas durante um período máximo de 30 dias.

Presidente de El Salvador Nayib Bukele
Presidente de El Salvador Nayib Bukele

O presidente Bukele negou anteriormente acusações dos Estados Unidos de que numa tentativa de pôr termo à violência o governo salvadorenho tinha negociado com os líderes dos grupos de criminosos dando também benefícios financeiros e previlégios a membros dos gangues na prisão, incluindo o envio de prostitutas e telefones celulares para uso pessoal dos detidos

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG