Links de Acesso

DRC: Troca de tiros entre soldados e milicianos pró-Governo deixa 6 mortos


Soldados do exército da República Democrãtica do Congo em Goma, 25 novembro 2022
Soldados do exército da República Democrãtica do Congo em Goma, 25 novembro 2022

Pelo menos seis pessoas foram mortas numa disputa entre soldados e milicianos pró-governo no leste da República Democrática do Congo.

Várias fontes disseram à AFP neste domingo, 12, que os incidentes ocorreram ontem na aldeia de Mugerwa, a cerca de 15 quilómetros, da cidade de Goma, em circunstâncias ainda por conhecer.

Um oficial de segurança, que pediu anonimato, disse que os soldados tiveram uma briga com os chamados milicianos Wazalendo, que terminou numa troca de tiros.

“Eles atiraram uns contra os outros neste mal-entendido e há seis mortos e nove feridos”, afirmou a mesma fonte.

Mambo Kawaya, um líder da sociedade civil perto de Goma, confirmou o número de mortos.

Adolphe Muhire, membro do serviço de protecção civil da RDC perto de Goma, disse que um soldado, um polícia e quatro civis foram mortos, mas que “o número ainda é provisório”.

Três outras fontes deram números de mortos semelhantes, embora tenham citado números diferentes quanto a feridos.

Os incidentes surgem na sequência de confrontos com rebeldes do M23 que eclodiram no mês passado, pondo fim a vários meses de relativa calma na região.

Um grupo liderado por tutsis, o M23, conquistou áreas de território desde o lançamento de uma ofensiva no final de 2021, que expulsou mais de um milhão de pessoas das suas casas.

Os atuais combates colocam os rebeldes do M23, de um lado, contra o exército congolês e as milícias leais – conhecidas localmente como “Wazalendo” – do outro.

Fórum

XS
SM
MD
LG