Links de Acesso

Donald Trump pode ter alta hoje, admite chefe de gabinete da Casa Branca


Presidente Donald Trump acena apoiantes na parte exterior do hospital Walter Reed

O chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse nesta segunda-feira, 5, que o Presidente Donald Trump reuniu-se com os médicos que o tratam para avaliar o seu estado de saúde e admitiu que a Administração está "otimista" de que ele possa receber alta do hospital no final do dia.

“Falei com o Presidente nesta manhã. Ele continuou a melhorar durante a noite e está pronto para voltar ao horário normal de trabalho”, revelou Meadows à cadeia televisiva Fox News, acrescentando que “poderá regressar à Casa Branca ainda hoje.”

No domingo, depois de publicar no Twitter um vídeo em que dizia estar “recebendo boas notícias” dos médicos, o Presidente prometeu uma pequena surpresa aos seus apoiantes que estavam na parte exterior do hospital.

Trump deixou por alguns momentos o Centro Médico Militar Nacional Walter Reed num carro blindado, na companhia de agentes do Serviço Secreto, e, com máscara, acenou para os seus apoianes.

No domingo, o médico principal do Presidente, Sean Conley, revelou que ele experimentou “dois episódios de quedas transitórias de oxigénio”, mas “o fato é que ele está muito bem”.

Depois de explicar o tratamento aplicado ao Presidente, outro médico da equipa, Brian Garibaldi, especialista em medicina pulmonar e de terapia intensiva, afirmou que “se ele continuar a ter a mesma aparência e a sentir-se tão bem como hoje, a nossa esperança é que possamos planear uma alta já amanhã (hoje) para a Casa Branca, onde ele poderá continuar o tratamento”.

Depois de na noite de quinta-feira, 1, ter anunciado que ele e a primeira dama, Melania Trump, iam entrada em quarentena depois da sua conselheira, Hope Hicks, ter recebido a confirmação de que estava infetada com a covid-19, o Presidente Donald Trump revelou nas primeiras horas de sexta-feira, estar também o vírus, bem como a esposa.

Na tarde de sexta-feira, 2, ele foi levado para o hospital militar Walter Reed para ser acompanhado mais de perto e suspendeu a agenda de trabalho, embora continuasse a manter contatos a partir da suite presidencial onde se encontra.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG